CFOP 1407: Código de Entrada, Aplicação, Exemplos

O CFOP 1407 é um dos mais importantes códigos que existem dentro do Código Fiscal de Operações e Prestações. Devido a essa importância, nos preparamos um post com todas as informações necessárias para você entender tudo sobre esse código. Explicaremos a sua aplicação, assim como a sua definição. Além disso, explicaremos a você como funciona o Código Fiscal de Operações e Prestações e os seus números. Sendo assim, continue lendo esse post até o final para ficar por dentro de tudo. Vem conosco.

CFOP 5949

O CFOP 1407 diz respeito a entradas de mercadorias sujeitas ao regime de substituição tribuária. Sendo assim, é de suma importância que você saiba a sua definição assim como a sua aplicação. Se você quer ficar por dentro desses tópicos e de muitos outros, continue aqui conosco. Nós vamos te explicar tudo sobre o CFOP 1407 e muito mais!

Confira também outros códigos do Código Fiscal de Operações e Prestações:

CFOP 1407

O Código Fiscal de Operações e Prestações, também conhecido simplesmente como a sigla CFOP, tem a função de controlar e monitorar a natureza da circulação das mercadorias. Os códigos podem ser tanto categorizados códigos de entrada como códigos de saída através dos seus 4 seus números. Confira abaixo.

Os códigos de entradas são diferenciados dos outros devido a presença do número 1, 2 e 3 como seu primeiro número.

1.000 – Entrada de Serviços do Estado.

2.000 – Entrada de Serviços de outros Estados.

3.000 – Entrada de Serviços do Exterior.

Já os códigos de saída, possuem o número 5, 6 e 7 no inicio.

5.000 – Saídas de Serviços para o Estado.

6.000 – Saídas de Serviços para outros Estados.

7.000 – Saídas de Serviços para o Exterior.

Sendo assim, continue lendo para saber mais a respeito do CFOP 1407.

Aplicação do CFOP 1407

Como dito anteriormente, os código do grupo 1000 se referem a entrada de serviços do Estado. Sendo que o CFOP 1407 refere-se especificamente a entradas de mercadorias sujeitas ao regime de substituição tribuária. Confira abaixo a sua descrição e a sua aplicação.

Descrição do CFOP 1407: Compra de mercadoria para uso ou consumo cuja mercadoria está sujeita ao regime de substituição tributária

Aplicação do CFOP 1407: Classificam-se neste código as compras de mercadorias destinadas ao uso ou consumo do estabelecimento, em operações com mercadorias sujeitas ao regime de substituição tributária.

Códigos de Entradas de Mercadorias 

Apenas para conhecimento, segue abaixo uma lista de código de entradas de mercadorias sujeitas ao regime de substituição tribuária.

  • 1.401 – Compra para industrialização ou produção rural de mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.403 – Compra para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.406 – Compra de bem para o ativo imobilizado cuja mercadoria está sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.408 – Transferência para industrialização ou produção rural de mercadoria sujeita ao regime de substituição
  • 1.409 – Transferência para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.410 – Devolução de venda de mercadoria, de produção do estabelecimento, sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.411 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária
  • 1.414 – Retorno de mercadoria de produção do estabelecimento, remetida para venda fora do estabelecimento, sujeita ao regime de substituição tributária 

Qualquer dúvida, comente!

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *